quinta-feira, 17 de abril de 2008

Sim, ficou 5-3.... e???

O economia vai mal, as condições de vida vão mal, os programas de televisão vão mal, o ensino vai mal, TUDO vai mal. Até o Benfica vai mal. Mas se há coisa que anima os portugueses é quando o seu clube de futebol ganha. Reúnem-se em celebrações, cânticos e sorrisos, atiram foguetes, passam nas ruas a buzinar (estranhas tradições estas...), tudo para demonstrar o quão felizes se sentem.
Quando os impostos descem, quando os salários aumentam, quando nós e os nossos filhos temos melhorias na forma de aprendizagem, eu não vejo este tipo de festas! Precisamente por ser raro acontecer, penso que faria mais sentido... Agora, o auge da felicidade vem mesmo quando o nosso clube ganha ao Benfica. E numa época em que o Benfica vai tão mal, não acho que seja nenhum feito extraordinário...
Lembrem-se que grande fatia da população portuguesa é benfiquista. E não celebra quando ganha ao Resto do Mundo de forma tão efusiva... Ora, se grande parte dos portugueses celebra de cada vez que ganha ao Benfica, há uma grande parte dos portugueses que fica deprimida e outra parte que simplesmente não quer saber disso para nada... Ou seja, não é um bem que afecte a generalidade da população...
Será que a melhor coisa que aconteceu este ano foi o Sporting ganhar ao Benfica?? Será que, embora inconsciente, a descida dos impostos (que entretanto tinham subido tanto) e a manutenção de outros impostos significa menos do que uma vitória sobre o Benfica? E o fim dos D'zrt terá sido assim tão mau que não mereça o mesmo tipo de festejos? Por que razão há-de um jogo de futebol contra um Benfica podre merecer mais atenção do que tantas outras coisas? O mundo anda, definitivamente perdido...

Um comentário:

Enes disse...

sim, até porque num jogo de futebol há 50% de hipoteses de vencer. não percebo bem porquê tanta festa, já que noutro tipo de situações geralmente não nrs assim tao favoraveis...